Facebook Pixel 7 questões sobre lentes bifocais que você precisa saber | e-lens

7 questões sobre lentes bifocais que você precisa saber

7 questões sobre lentes bifocais que você precisa saber

Muita gente não sabe, mas é possível deixar de lado os óculos mesmo quando temos dificuldades para enxergar — tanto de perto quanto de longe. Para isso, basta lançar mão das lentes bifocais e multifocais. Você já conhece essas lentes?

As lentes de contato permitem mais liberdade, principalmente para quem não gosta muito de usar óculos, seja por motivos estéticos ou, até mesmo, de praticidade. Neste post, a oftalmologista Dr. Ana Paula Leitão, da RetinaPró, explica sobre o assunto. Então, se você ficou curioso e quer saber mais, continue a leitura e confira!

1. O que são as lentes bifocais e multifocais?

As lentes bifocais e multifocais substituem com perfeição os óculos de grau e de sol com grau na correção da visão Enquanto as lentes comuns contêm apenas um foco, as bifocais e as multifocais proporcionam mais campos de visão. Interessante, não é?

E qual a diferença entre essas duas? A lente bifocal tem uma linha invisível que divide entre o foco para enxergar de perto e o outro para longe, já a multifocal tem dois ou mais campos de visão com múltiplas distâncias focais. Ou seja, elas são como duas ou mais lentes em uma só.

2. Para quem elas são indicadas?

A indicação desse tipo de lente de contato é para aqueles pacientes que já fazem a correção da visão com os óculos e querem mais liberdade e conforto. Afinal, as lentes de óculos multifocais costumam ser mais grossas, e isso incomoda muita gente.

Geralmente, as pessoas que têm problemas de visão para enxergar de longe apresentam, com o passar dos anos,  dificuldades para ver de perto, como ler um jornal ou escrever. E é aí que entra esse tipo de lente.

Vale a pena lembrar que, qualquer que seja a condição, é necessário buscar ajuda de um oftalmologista para a prescrição do grau e da lente antes de comprar os óculos ou as lentes de contato, OK?

3. Quais são os principais cuidados com as lentes multifocais?

Os cuidados com esse tipo de lente são os mesmos que os das outras lentes de contato, principalmente no que diz respeito à utilização e à higienização. A seguir, veja como cuidar delas para conservá-las e manter em dia a sua saúde visual.

  • manipule as lentes com as mãos sempre limpas, lavadas com água e sabão;
  • troque diariamente a solução do estojo de lentes, mesmo que não as tenha usado no dia;
  • mantenha a lubrificação dos olhos, utilize produtos apropriados — estando com as lentes ou não;
  • nunca durma com as lentes, pois os olhos precisam de descanso e oxigenação.

4. Quais são os problemas que podemos ter com esse tipo de lente?

Muita gente fica em dúvida sobre os problemas que pode ter ao usar lentes bifocais e multifocais. Porém, é preciso alertar que eles são os mesmos que os dos outros tipos de lentes. A alergia, por exemplo, é um deles.

Outro grande dano à saúde dos olhos é a úlcera de córnea. Ela surge principalmente quando não há acompanhamento especializado na adaptação do paciente com as lentes ou é feito mau uso delas. Essa condição é como uma ferida que atinge a córnea e pode ser tão grave a ponto de precisar fazer um transplante da região por conta da perda da visão. Assustador, não é?

Mas não precisa ter medo, se você tiver a supervisão do oftalmologista em todo o processo, desde a prescrição do grau e escolha das lentes até o perfeito ajuste, as chances de lesões são mínimas.

5. Qual é a validade das lentes bifocais?

Assim como as lentes que têm somente um foco, a validade das bifocais dependem da indicação do fabricante. É possível encontrá-las para descarte diário, quinzenal, mensal e anual.

Vale lembrar que o momento de jogar as lentes fora é contando os dias corridos desde a primeira utilização, e não pelo número de usadas. Assim, você garante a segurança da sua visão.

Quem vai determinar qual o tipo de lente a ser utilizado é o médico oftalmologista por meio de exames e estudo da rotina e dos hábitos do paciente. Dessa maneira, a prescrição é personalizada facilitando a adaptação do usuário e minimizando os possíveis problemas.

6. Quais são as recomendações para quem quer usar esse tipo de lente?

Antes de qualquer coisa é preciso procurar ajuda de um profissional para que tudo saia da melhor maneira possível e as lentes fiquem confortáveis de usar. Para explicar ainda mais, confira o que a oftalmologista Ana Paula Leitão disse sobre a questão.

Pela minha visão médica, recomendo o uso da lente de contato, seja adaptação ou prescrição, apenas quando é liberado por um oftalmologista. Quando prescrevemos uma lente de contato, nós nos baseamos em exames muito específicos, como a topografia.

Precisamos saber a regularidade de uma ametropia, a curvatura da córnea e seu diâmetro. Uma lente mal adaptada e mal indicada pode acarretar os problemas falados anteriormente, além de não trazer uma boa experiência e conforto para o paciente.

Legal a dica, não é? Então, se você tem interesse em lentes de contato bifocais, não se esqueça: somente com acompanhamento de um oftalmologista, certo?

7. Como é feita a adaptação do paciente para usar as lentes multifocais?

O primeiro ponto que oftalmologista avalia é a condição da córnea. Se estiver tudo certo, logo em seguida ele verifica a dominância dos olhos, que deve ser equilibrada. Para as pessoas que já têm problemas com a multifocalidade, existem dois tipos de adaptação que a gente explica a seguir.

Uma é a lente multifocal que é usada tanto no olho dominante quanto no não dominante. A outra maneira é em báscula: o olho dominante fica com a lente para enxergar de longe e o não dominante para a que enxerga de perto. Dessa forma, é feito o equilíbrio e a correção visual. Isso é muito interessante!

As lentes bifocais e multifocais são ideais para quem tem problemas na visão que dificultam enxergar de perto e de longe ou que não gostam de usar óculos. Afinal, carregar o acessório pode ser inconveniente. Além disso, tem momentos em que eles não cabem no visual, como numa festa ou evento importante.

Se você se encaixa nas condições e quer experimentar as lentes bifocais, consulte o seu oftalmologista para ter a prescrição e adquira as suas lentes em lojas confiáveis, como a E-lens. Assim, é mais seguro para a sua saúde visual, além de garantir a comodidade de receber diretamente na sua casa, o que já é mais uma grande vantagem!

Por falar nisso, já conhece a E-lens? Ela é o maior e-commerce de lentes de contato do Brasil! Lá você encontra diversas marcas e tipos de lentes, além de acessórios, lubrificantes oculares, soluções de limpeza e outros produtos.