Facebook Pixel Dicas de como escolher uma lente de contato – e-lens

Dicas de como escolher uma lente de contato

Dicas de como escolher uma lente de contato

Dicas de como escolher uma lente de contato

Decidir qual modelo de lentes de contato utilizar pode parecer complicado, pois as opções disponíveis no mercado são inúmeras, variando em condições de conforto, praticidade e estética. Mas seguindo as nossas dicas para escolher uma lente de contato, vai ser muito mais fácil definir a melhor opção para você.

Dicas de como escolher uma lente de contato

O primeiro passo: a consulta com o oftalmologista

A primeira coisa que você precisa fazer é certificar-se de que pode usar lentes de contato. Para isso, o médico oftalmologia realiza alguns exames para verificar qual é o seu problema de visão e quais são os tipos de lente adequados para o seu caso.

Mas para chegar à consulta sabendo o que perguntar ao médico, veja a seguir quais são os tipos de lentes de contato e as suas principais indicações:

Quais os tipos de lentes de contato

Existem dois tipos de lentes de contato: as rígidas e as gelatinosas, que podem ser de descarte diário ou então permanentes. Todos possuem as suas vantagens e desvantagens, e a sua escolha depende da combinação entre conforto, praticidade e melhor possibilidade de correção do grau.

Quando escolher as lentes de contato rígidas

Apesar do nome, essas lentes de contato não são desconfortáveis. Atualmente, elas possuem uma consistência semi flexível e são compostas de um material gás permeável. Isso é importante para que o oxigênio ultrapasse a lente e chegue à córnea para possibilitar a sua nutrição.

Como estas lentes são mais duráveis, mais fáceis de limpar e oferecem um menor risco de complicações oculares, como infecções ou úlceras na córnea, os médicos costumam indicar para pessoas que não possuem muito tempo para os cuidados e os procedimentos de limpeza.

Quanto à correção, essas lentes possibilitam a correção da maioria dos problemas de visão e são excelentes para os graus mais altos de astigmatismo.

A única desvantagem das lentes de contato rígidas é o período de adaptação, que pode durar até 3 semanas. As lentes rígidas de uso diário são mais confortáveis, mas são menos permeáveis ao oxigênio do que as permanentes.

Quando escolher as lentes de contato gelatinosas

A principal característica das lentes de contato gelatinosas é a sua hidratação, pois elas são fabricadas com um material chamado hidrogel, um plástico gelatinoso e macio que facilita a passagem do oxigênio para a nutrição da córnea.

Estas lentes de contato possuem uma alta porcentagem de água, o componente que lhe confere maior conforto, de forma que elas quase não são percebidas no olho.

Mas a grande quantidade de água na composição da lente de contato também favorece a multiplicação de micro-organismos, exigindo mais atenção e cuidado com a limpeza, que deve ser constante para eliminar proteínas e muco que são depositados naturalmente na superfície da lente.

São as lentes de contato ideais para as pessoas que buscam conforto. Para aquelas pessoas que não possuem muito tempo para os procedimentos de higienização, existem as lentes de descarte diário, que diminuem a possibilidade de infecção.

Agora que você já conhece as principais características das lentes rígidas e gelatinosas, fica mais fácil conversar com o seu médico e escolher o tipo mais adequado de lentes de contato para o seu problema de visão, levando em conta o seu estilo de vida.

Artigos Relacionados