Facebook Pixel Black Friday vem aí na e-lens. Conheça a origem desta febre!

Black Friday vem aí. Fique de olho.

Black Friday vem aí. Fique de olho.

Como todos os anos, a e-lens participa da Black Friday.

Black Friday vem aí. Fique de olho.

É a promoção mais esperada do ano com ofertas realmente imperdíveis. Quem não gosta de ver os números baixando em tudo quanto é site e vitrine, não é? Muitas vezes é a grande oportunidade de comprar aquilo que em outras épocas é mais difícil. De fato, é tempo para aproveitar.

Começou nos EUA, e acontece depois do feriado de Ação de Graças, com filas a perder de vista. Todos os consumidores têm um único objetivo: garimpar produtos com descontos que podem chegar a até 90% do preço original.

Por que se chama Black Friday?

Embora seja hoje o maior dia de compras dos Estados Unidos, o termo Black Friday (literalmente “Sexta-Feira Negra” em inglês) se referia originalmente a eventos muito diferentes. A palavra “negra” foi usada durante muitos séculos para retratar diversos tipos de acontecimentos.

Contam que a primeira vez que o termo foi usado foi em 1869, quando dois especuladores, Jay Gould e James Fisk, tentaram tomar o mercado do ouro na Bolsa de Nova York. O governo foi obrigado a intervir para corrigir a distorção, elevando a oferta da matéria-prima ao mercado, os preços caíram e muitos investidores perderam grandes fortunas. Deve ter sido uma confusão, mas bem que hoje ninguém reclama da ousadia desses dois.

Com o tempo, Black Friday passou a significar “voltar ao azul”. Os lojistas conseguiram dar uma interpretação positiva ao termo ao dizer que ele se referia ao momento em que os estabelecimentos retornavam ao azul, ou seja, voltavam a ter lucro. No entanto, não há provas de que isso tenha realmente acontecido.

O termo Black Friday só se espalhou a partir de meados dos anos 90.

Dizem que ele permaneceu restrito à Filadélfia por um tempo bem longo. Era visto usado bem discretamente em Nova Jersey, mas não ultrapassou as fronteiras da Filadélfia até os anos 80. Só se tornou de fato o maior dia de compras do ano em 2001. E foi se espalhando pelo mundo.

Por muito tempo, os lojistas canadenses viam seus fiéis clientes colocando o pé na estrada rumo ao sul em busca de boas compras. Mas depois eles passaram a oferecer as suas próprias liquidações – apesar de o Dia de Ação de Graças no Canadá acontecer um mês antes.

No México, a Black Friday ganhou novo nome – ‘El Buen Fin’, ou “Bom fim de semana”. A comemoração é associada ao aniversário da revolução de 1910 no México, que às vezes cai na mesma data que o Dia de Ação de Graças nos Estados Unidos. Como o próprio nome sugere, o evento dura o fim de semana inteiro.

Muitas lojas abrem bem cedo, algumas com até quatro horas de antecedência, para atrair o maior número de consumidores através de ofertas, muitas pessoas ganham até o dia de folga e se tornam consumidores com grande potencial.

O dia também é conhecido por dar início à temporada de compras de Natal. A popularidade do evento é grande, sendo que os descontos oferecidos são considerados mais atrativos do que os natalinos por muitos consumidores.

Bom, seja lá qual for a verdade a respeito da data, do nome e de todas as ações feitas para vender mais, o fato é: Black Friday existe e vai muito bem.

Black Friday. Compre bem, compre com segurança.

HTTPS

Além de pesquisar os melhores preços para comprar bem na Black Friday, também é preciso ter cautela e ficar atento às práticas de segurança que esse período exige.

Veja aqui algumas dicas para comprar o que você quer sem sustos:

– Verifique se a loja tem endereço, telefone fixo e filial física. Observe informações como razão social, CNPJ e confirme esses dados no site da Receita Federal. Se a situação estiver “baixada”, “cancelada” ou “inativa”, desista da compra.

– Pesquise a reputação da loja e do site que você escolheu. O Procon traz mensalmente os sites não recomendados.

– Veja se o produto que você quer faz parte da Black Friday porque as lojas não são obrigadas a colocar tudo na promoção.

– Evite comprar em computadores públicos e tenha sempre no seu computador antivirus atualizado, antispyware, firewall e tudo o que for possível para evitar que qualquer usuário tenha acesso às suas informações.

– Prefira sites que tragam serviços de pagamento reconhecidos e verifique se existe conexão de segurança.

– Leia as condições de prazo de entrega, trocas e devolução antes de finalizar a compra.

– Guarde todos os emails relacionados à sua compra, funcionam como comprovantes de todas as suas operações.

Seguranca é tudo na Black Friday. Fique ligado e ótimas compras!

Black Friday. I want you!