Facebook Pixel Problemas de visão: saiba quais são os mais comuns – e-lens

Problemas de visão: saiba quais são os mais comuns

Problemas de visão: saiba quais são os mais comuns

Os problemas de visão vêm aumentando de forma considerável na população, não apenas entre os mais idosos, mas também afeta crianças e jovens. Pensando nisso, é preciso ficar atento a qualquer sinal de dificuldade para enxergar e procurar um médico oftalmologista para realizar o diagnóstico.

Quanto mais cedo o tratamento for iniciado, melhor o controle do problema e, por isso, neste artigo apresentaremos os problemas mais comuns relacionados à visão, seus sintomas e os tratamentos adequados para cada um deles. Confira!

Miopia

Apenas as pessoas que sofrem de miopia conhecem o problema que é pegar um ônibus ou reconhecer alguém na rua — essa condição se define pela dificuldade de enxergar objetos distantes. A miopia ocorre quando a córnea é muito curva ou quando o olho é mais longo que o normal. Com essa condição, os raios de luzes são focalizados muito antes da retina.

Os sintomas mais comuns, além da visão embaçada e dificuldade para ver de longe, são dores de cabeça, tontura e sensibilidade à luz. O tratamento da miopia é realizado com o uso de óculos ou lentes de contato para correção do erro refrativo. Existe também a possibilidade de cirurgias a laser, no entanto, é imprescindível a consulta a um médico para definir o melhor tratamento.

Hipermetropia

Ao contrário da miopia, a hipermetropia é a dificuldade de ver objetos próximos. Essa condição acontece quando o olho é menor que o normal e isso faz com que a focalização da imagem se forme após a retina.

Os sintomas mais comuns são dificuldade de leitura e enxergar de perto, cansaço nos olhos e dores de cabeça. Para corrigir o problema, é recomendado utilizar lentes corretivas que focalizem a imagem na retina como ela deveria fazer naturalmente. Outra opção, se houver indicação médica, são as cirurgias refrativas.

Astigmatismo

O astigmatismo é um dos problemas relacionados à visão que mais afeta as pessoas. Essa condição pode ser vista em todas as idades e se caracteriza por visão embaçada, principalmente nas bordas, e imagens distorcidas.

Uma curiosidade é que é muito comum que pessoas com astigmatismo não consigam diferenciar a letras H, M e N e também não enxerguem corretamente as linhas retas.

Os sintomas dessa condição são visão dupla ou borrada, dores de cabeça e dificuldade de ler palavras pequenas. O tratamento é realizado por lentes corretivas específicas para astigmatismo ou cirurgias refrativas.

Presbiopia

Também conhecida como vista cansada, a presbiopia é um problema muito comum após os 40 anos. Essa condição está relacionada ao envelhecimento natural dos olhos que, após essa idade, têm dificuldade para focar objetos próximos. Devido a esse problema, é normal ver pessoas acima dessa faixa etária segurando o jornal ou livro mais longe para conseguir ler.

Os sintomas são bem comuns, como a dificuldade de ler letras pequenas e a visão embaçada. O tratamento é feito com óculos para leitura, lentes multifocais e também por cirurgias específicas. Para o último caso, é necessário que o oftalmologista indique a melhor opção cirúrgica.

Estrabismo

O estrabismo é a falta de alinhamento entre os dois olhos — conhecido também como vesguice. Essa condição se inicia ainda na infância e nada mais é do que um desequilíbrio nos músculos oculares que faz com que a pessoa estrábica não consiga focar os dois olhos na mesma direção.

Uma pessoa com essa condição pode sofrer com visões duplas e dores de cabeça, além de problemas com o convívio social devido à diferença na aparência dos olhos. O tratamento deve ser iniciado ainda na infância e, em alguns casos, é possível corrigir com o uso de lentes específicas. No entanto, na maioria é necessário realizar uma intervenção cirúrgica.

Problemas de visão, por mais comuns que sejam, não precisam atrapalhar a sua vida. Hoje em dia é possível realizar vários tratamentos, além do uso de lentes de contato que são confortáveis e não atrapalham sua rotina nem o seu visual. Procure um oftalmologista e cuide da saúde dos seus olhos!

Agora que você conhece as diferenças entre os principais problemas que afetam a visão fica muito mais fácil buscar tratamento. Quer ver mais conteúdo como esse? Então curta nossa página no Facebook e fique por dentro das nossas novidades!

Artigos Relacionados