Facebook Pixel Misturei minhas lentes de contato. E agora? – e-lens

Misturei minhas lentes de contato. E agora?

Misturei minhas lentes de contato. E agora?

Quantas vezes você já não se pegou nessa situação: Ih, misturei minhas lentes de contato, e agora?”

Misturei minhas lentes de contato no mesmo lado do estojo, o que fazer?

Isso pode acontecer com mais frequência do que a gente imagina.

Às vezes num momento apressado ou com sono, acabamos colocando a lente direita do lado esquerdo do estojo e vice versa.

Para resolver esse problema, não tem muito mistério. O único jeito de você descobrir qual é o olho certo, é testando.

Isso mesmo, coloque as duas lentes, uma em cada olho, e veja se está enxergando direito ou não.

Se perceber estranheza, troque as lentes de olho.

Quando os graus são bem diferentes, fica mais fácil perceber.

Mas quando a diferença é minima, aí você vai precisar de mais testes.

Por exemplo, se você tem miopia, coloque a lente no olho direito e tente ler algum texto a distância, como se estivesse no consultório do oftalmologista.

Repita o mesmo com a esquerda. Com essa comparação você vai saber qual é a lente certa para o olho certo.

O mesmo vale para quem tem hipermetropia ou astigmatismo.

A diferença é que o teste precisa ser feito com um texto visto de perto, como num livro.

Se ainda assim ficar em dúvida, procure seu oftalmologista, ele vai ajudar você a resolver esse problema.

Misturei minhas lentes de contato no mesmo lado do estojo, o que fazer?

Por mais absurdo que isso possa parecer, às vezes acontece. O cansaço é responsável por mais essa em nosso dia a dia.

Mas, fique tranquilo, se as lentes tiverem mergulhadas na solução de limpeza ou no soro fisiológio elas não irão grudar uma na outra.

Você só precisa retirar uma a uma com muito cuidado. Para ajudar elas se soltarem um pouco mais, antes de abrir o estojo, dê uma balançadinha nele, sempre ajuda.

Depois é só fazer os testes para descobrir qual é a lente certa de cada olho.

Aproveitando esse assunto de cansaço, outra coisa que pode acontecer é deitar no sofá para ver um filme e adormecer de lente de contato.

Se a sua lente é própria para isso, tudo bem. Mas, se não é, veja o que você deve fazer quando acordar:

– Evite tirar a lente do olho a seco, enquanto dorme, os olhos não recebem a oxigenação certa e isso causa ressecamento na superfície do olho, o que faz a lente ficar grudada.

– Assim que acordar pingue um pouco de soro fisiológico ou um colírio lubrificante. Espere uns segundos de olhos fechados.

Suavemente faça uma massagem nos olhos para a lente se desprender com a umidificação.

Depois, ao abrir, não puxe a lente direto, escorra ela para baixo e, aí sim, a tire.

Procure sempre um oftalmologista para saber a lente mais adequada para o seu caso.

Existem opções ótimas para todos os problemas oculares.

Usar lente de contato é maravilhoso, dá uma liberdade e qualidade de visão incríveis.

Vale muito a pena investir nessas companheiras. Por isso, siga direitinho as orientações de cuidados e aproveite!

Artigos Relacionados