Facebook Pixel Presbiopia. Para enxergar melhor é preciso desembaçar esse assunto

Presbiopia. Para enxergar melhor é preciso desembaçar esse assunto

Presbiopia. Para enxergar melhor é preciso desembaçar esse assunto

A Presbiopia é mais comum do que se imagina e, felizmente, fácil de corrigir. Afeta a maioria das pessoas depois dos 40 anos, gerando uma sensação de imagem embaçada, especialmente na hora da leitura. Não é nada complicado, mas se não corrigir pode levar a dores de cabeça e fadiga dos olhos.

Presbiopia. Para enxergar melhor é preciso desembaçar esse assunto.

Mas o que é a Presbiopia?

Dentro dos nossos olhos, bem abaixo da íris, está o cristalino. Ele ajuda a refratar ou curvar a luz e a passá-la para a retina. Como se fosse a lente de uma câmara que se ajusta para focar. Com o passar dos anos, o cristalino do olho pode perder a elasticidade e torna-se menos flexível. A luz de objetos próximos passa a se concentrar atrás da retina, ao invés de se concentrar nela, o que resulta uma visão embaçada. Muita gente relaciona a dificuldade de ler ou a vista cansada com a hipermetropia ou astigmatismo. E sim, os sintomas podem parecer semelhantes, mas o problema é diferente.

O que fazer se você tiver Presbiopia.

Se você tem mais de 40 anos e sente a dificuldade de focar alguma imagem de perto, fale com seu oftalmologista para realizar o exame adequado.

Uma das formas de correção da Presbiopia é a lente de contato, a monovisão. O que isso significa: em um olho usar uma lente de contato para ver de perto e no outro olho uma lente para ver de longe. O quanto antes diagnosticar é melhor para evitar o desconforto e complicações no futuro.

E vamos combinar que todo mundo merece enxergar e fazer uma leitura feliz sempre que quiser, sem precisar lidar com o embaçamento.

Presbiopia.

Mesmo que você não tenha Presbiopia aqui vão algumas dicas importantes:

– Mantenha uma alimentação saudável com vitaminas, minerais, proteínas saudáveis, ômega-3 e luteína, já que os alimentos antioxidantes oferecem grandes benefícios à saúde ocular, retardando doenças como catarata e degeneração macular.

– Evite passar muito tempo no computador. Quem trabalha ou estuda muitas horas assim deve fazer pausas a cada duas horas para que os olhos descansem durante o período. Durante as pausas, beba muita água e pisque os olhos aceleradamente para evitar a síndrome do olho seco. Também é indicado focar um objeto ou uma paisagem ao longe para trabalhar o músculo ocular.

– Não espere muitos anos para fazer um checkup da visão. Quem tem presbiopia, miopia, astigmatismo e/ou hipermetropia deve visitar o oftalmologista uma vez ao ano para checar o grau e as formas de tratamento indicadas. Já quem sofre de doenças mais graves, como glaucoma, catarata e DMRI, entre outras, deve seguir recomendações médicas e consultar um especialista a cada seis meses, em geral.

E essa especial para a mulherada:

– Jogue fora a maquiagem velha. Leia atentamente o prazo de validade das sombras e do rímel, descartando o que já venceu. Até mesmo cremes e loções que apresentam o selo “dermatologicamente testado” devem ser utilizados com cuidado, evitando o contato direto com a vista para que não provoquem ardor, irritação, vermelhidão e sensação de areia nos olhos.

Então, já sabe. Se tiver que esticar os braços para enxergar melhor algum coisa, consulte seu oftalmologista e fique atento à Presbiopia. A vida é bonita demais para viver embaçada, não é?

Artigos Relacionados