Facebook Pixel Quando ir ao Oftalmologista: Saiba o momento certo para marcar sua consulta

Qual a importância e quando devo ir ao oftalmologista?

Qual a importância e quando devo ir ao oftalmologista?

Procurar um médico dos olhos é obrigação apenas de quem usa óculos ou lentes de contato? Claro que não! Fazer consultas regulares, mesmo que você enxergue bem, é muito importante para verificar como está a saúde dos seus olhos. Mas, afinal, você sabe quando ir ao oftalmologista e qual é a frequência ideal?

Boa parte das pessoas só se preocupa em ir ao médico quando sentem algum desconforto nos olhos ou têm dificuldade para enxergar. No entanto, assim como os outros órgãos, para evitar problemas oculares, a prevenção é o melhor remédio.

Neste artigo, você verá por que é tão importante fazer consultas periódicas, quando ir ao oftalmologista e qual é a frequência ideal para manter a saúde dos seus olhos sempre em dia. Confira!

Qual é a importância de ir ao oftalmologista regularmente?

Ir ao oftalmologista com frequência é importante para prevenir diversas doenças oculares. Segundo dados da SBO (Sociedade Brasileira de Oftalmologia), no Brasil, há mais de 1,2 milhão de pessoas que não enxergam. Dados da OMS também afirmam que, dos casos de cegueira, cerca de 80% poderiam ser evitados e tratados.

As principais doenças que podem levar à cegueira são catarata, retinopatia diabética e o glaucoma. Este último é assintomático no início e causa cegueira irreversível, porém, pode ser controlado se diagnosticado precocemente. Outros problemas de visão, como a miopia, astigmatismo e a hipermetropia, quando descobertos no início, podem ser corrigidos e controlados.

Isso mostra a importância de ir ao médico mesmo sem apresentar sintomas. Saber quando ir ao oftalmologista é muito importante para conseguir um diagnóstico precoce das doenças.

Quando ir ao oftalmologista?

É recomendado ir ao oftalmologista sempre que sentir desconforto nos olhos. Isso pode ser irritação, coceira, vermelhidão ou ardência. Pessoas que têm dores de cabeça com muita frequência e dificuldade para enxergar também devem marcar uma consulta.

Além desses sintomas, apresentar manchas claras ou escuras nos olhos, visão turva ou dupla e dificuldade para ver de perto ou de longe são indícios de que algo está errado e uma avaliação médica é necessária. Contudo, mesmo que você não apresente nenhum desses sinais, é muito importante fazer consultas anuais para exames de rotina.

Como vimos, o acompanhamento é essencial para evitar diversas doenças oculares que não são percebidas em fases iniciais, mas que são detectadas nos exames. Quem usa óculos ou lentes de contato deve levar ainda mais a sério a importância de saber quando ir ao oftalmologista, afinal, é preciso acompanhar regularmente as possíveis alterações no grau.

Qual é a frequência ideal para as consultas?

A consulta com o oftalmologista é importante em várias etapas e começa logo nos primeiros dias de vida. O teste do olhinho — também conhecido como teste do reflexo vermelho — é realizado nos recém-nascidos, ainda na maternidade. Esse exame permite detectar catarata, glaucoma congênito e o retinoblastoma, doença que causa cegueira antes dos sete anos.

Nas crianças, é recomendado que a primeira visita ao oftalmologista ocorra aos cinco anos. Entretanto, ao notar sintomas de vermelhidão, coceira, olho torto (estrabismo), dores de cabeça e dificuldade para ler ou desenhar, é importante iniciar as consultas mais cedo.

Na adolescência e idade adulta, o ideal é que se visite um oftalmologista uma vez ao ano para exames de rotina. Após os quarenta anos, é possível que os sintomas das “vistas cansadas” apareçam. A partir dessa idade, é necessário acompanhamento médico anual ou em períodos menores para realização de exames regulares.

Saber quando ir ao oftalmologista é essencial. No entanto, não espere sentir incômodos ou ter dificuldade de enxergar. A melhor forma de evitar problemas no futuro é prevenindo. Então, marque uma consulta e cuide da saúde dos seus olhos.

E aí, este artigo foi útil para você? Compartilhe nas suas redes sociais para que mais pessoas entendam a importância das consultas com o oftalmologista e dos cuidados com a saúde dos olhos.